segunda-feira, 20 de outubro de 2014

ARARIPINA – SERRA DOS SIMÕES – HOMEM QUASE ACABA LINCHADO SOB SUSPEITA DE ESTUPRAR JOVEM DE 26 ANOS

Mais um caso de estupro foi registrado no município, desta vez no Sítio Serra dos Simões, zona rural. Por volta das 17:40 de sexta-feira 17/10, a polícia militar foi acionada por populares informando que um homem estava em uma residência naquela serra se refugiando de pessoas que se encontravam do lado de fora para matá-lo, acusando o mesmo de estuprador. No local a polícia o retirou da residência e o conduziu para o Hospital Santa Maria, afim da vítima, uma estudante de 26 anos, fazer o reconhecimento. No hospital a vítima informou que não era ele, pois o estuprador tinha ficado com várias marcas no pescoço. Segundo o suspeito, a mãe da vítima foi quem o abordou dizendo que ele havia estuprado sua filha. A mãe foi acusar o mesmo pelas vestes que ele usava, ou seja, blusa e calça preta e pilotava uma moto Honda Bros, dados estes que batiam com os dele. O suposto estuprador disse ainda que por conta das coincidências, os familiares dela queriam matá-lo e ele se abrigou em uma residência da localidade. Diante das informações o suspeito foi encaminhado para DPC local para esclarecimentos.

Com informações do Blog do Fredsom Paiva

Postado por Blog do Flávio Galdino ás 01h33

ROBERTA ARRAES PODE ASSUMIR CARGO DE DEPUTADA ESTADUAL JÁ EM FEVEREIRO DE 2015

Está mais perto do que longe de Roberta Arraes(PSB) assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Basta o governador eleito Paulo Câmara (PSB) chamar 3 deputados ou mais para assumir uma secretaria de estado para Roberta ocupar uma cadeira na ALEPE.
Por ser debutante em política ao concorrer pela primeira vez ao cargo eletivo de deputada estadual, a votação de Roberta foi bastante expressiva.
Segundo nossas fontes, Paulo Câmara já sinalizou positivamente para essa possibilidade.
Direto da redação blog do Flávio Galdino ás 17h50

AÉCIO PEDE QUE ÚLTIMA SEMANA DA CAMPANHA SEJA USADA PARA PROPOSTAS - See more at: http://www.martinhofilho.com.br/#sthash.kbRI7hKH.dpuf

aecio
O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, fez neste domingo uma sinalização em favor do distensionamento na troca de acusações da atual campanha política e deixou um convite à presidenta Dilma Rousseff para debater propostas. No último debate político, transmitido na quinta-feira (16) pelo SBT, os dois haviam elevado o tom da discussão, que chegou a níveis pessoais.
“Quero fazer um convite à nossa adversária, para que nós possamos debater propostas, falar do futuro do Brasil. Sou de uma escola política que ensina que quem deve brigar são as ideias e não as pessoas. Queria deixar como mensagem, neste domingo que precede as eleições, um convite para que utilizemos esses últimos sete dias para debater o Brasil. Inicio esta última semana de alma leve”, disse Aécio, em coletiva de imprensa realizada momentos antes de uma caminhada pela orla de Copacabana.
Aécio comentou também os apoios que tem recebido nas últimas semanas, especialmente da ex-candidata do PSB, Marina Silva, derrotada no primeiro turno. Ele assegurou que adotará, em um eventual governo seu, princípios ambientalistas pregados por Marina.
“É o momento de ampliar as forças e fiquei muito honrado com os inúmeros apoios que recebi, de forma especial de Marina Silva. Nós temos o compromisso de avançarmos para que o Brasil seja uma economia cada vez de menor carbono. Eu espero que Marina possa ser uma companheira de viagem, não apenas nesta eleição, com sua experiência e seus conselhos. Houve uma paralisia na definição de novas áreas de preservação no Brasil e hoje os jornais mostram que voltou a aumentar o desmatamento neste período final do governo”.
O candidato tucano comentou ainda o reconhecimento, pela presidenta Dilma, feito  durante coletiva em Brasília, de que houve desvio de recursos públicos na Petrobras. “É uma evolução, um avanço. É isso que eu cobrei dela em todos os debates. Eu reconheço que é um avanço pelo menos admitir que isso aconteceu. As providências eu não vi até agora, em relação àquele que é denunciado pelo [ex-diretor] Paulo Roberto [Costa] como o receptor da parcela que caberia ao PT, que é seu tesoureiro.” (Agência Brasil/ Foto: Marcos Fernandes/Coligação Muda Brasil)
postado por Blog do Flávio Galdino ás 17h35

ARARIPINA SE MOVIMENTA COM SEMANA DA SAÚDE “OUTUBRO ROSA” -

A Prefeitura de Araripina, através da Secretaria Municipal de Saúde viverá uma semana repleta de eventos voltados a Campanha “Outubro Rosa”. O local dos encontros será na sede da secretaria, entre os dias 20 a 24 de outubro, a partir das 09 horas.
A Campanha ganha uma programação intensa com palestras, oficinas, exames clínicos das mamas, teste de glicemia, aferição de pressão e alongamentos com educador físico. Confira a programação na integra e participe.
Dia 20/10
Palestra sobre orientações Nutricionais que previnem o Câncer de Mama
Público Alvo: Estudantes da Escola Técnica de Enfermagem, Prestadores (HMSM, CSSJ, Laboratórios e Clínicas Conveniadas).
Dia 21/10
Palestra sobre Sentimento do Paciente (mastectomizada) e Oficinas de Flores
Público Alvo: Pacientes do Centro de Assistência Psicossocial – CAPS.
22/10
Palestra sobre prevenção do Câncer de Mama e Colo do Útero
Público Alvo: Servidores Públicos Municipais.
23/10
Oficina de formação de multiplicadores a cerca da prevenção do Câncer de Mama e Colo do Útero.
Público Alvo: Estudantes representando as escolas municipais, estaduais e privadas.
24/10
Palestra sobre autoestima para pacientes em tratamento do Câncer
Público Alvo: Mulheres em tratamento/tratadas de Câncer de Mama e Colo do Útero.
                                                                                           ASCOM – ARARIPINA
Direto da redação Blog do Flávio Galdino ás 17h29

Padre Marcelo Rossi faz apelo: "nunca vote em um religioso"

No momento que conversamos com o Padre Marcelo Rossi por telefone, seu nome era um dos mais comentados no Twitter. O motivo? Sua aparência. Há pouco mais de um ano, o religioso perdeu, de forma repentina, mais de 30 kg, mas há quem ainda leve um susto ao ver como a mudança não corresponde nada à lembrança do padre disposto e carismático do início dos anos 2000.

Sem rodeios, Padre Marcelo falou abertamente ao Terra sobre o que estava por trás da transformação: uma depressão silenciosa, agravada por uma dieta que consistia em apenas folhas de alface, cebolas e três hambúrgueres por dia. "Eu sofri tudo calado, mas nunca deixei de celebrar uma missa", lembra. A aparência se tornou uma espécia de fardo para o padre, que não sabe dizer ao certo quem o cobrava pelo sobrepeso e, em seguida, pela magreza excessiva. "Dizem que os fiéis comentam sobre meu peso. Mas eu tô ótimo."

A prova, segundo ele, são os 12 km que ele corre todos os dias na esteira. Exceto pela noite anterior à nossa entrevista, quando ficou frustrado com o debate entre os presidenciáveis, exibido na quinta-feira (16) pelo SBT. "Foi horrível. Eu queria saber sobre educação, saúde e projetos. Não queria saber de brigas", desabafou, deixando espaço para expor a sua opinião política a respeito de outro tema pertinente às eleições deste ano.

Terra - Nessas eleições vimos muito do embate entre evangélicos ou cristãos defendendo certas posições mais conservadoras. Tivemos até um pastor como candidato à presidência da República. O que o senhor acha disso?

Padre Marcelo Rossi - Eu sou totalmente contra, seja padre ou pastor. Está errado. Ou você é um líder religioso, ou você é um líder político. Pode colocar minhas palavras: "Nunca vote em nenhuma pessoa religiosa". A Igreja Católica viveu isso, a união de Estado, política e religião. Foi a pior fase. Pode ver que a Igreja Católica é a única que não tem candidato. Ela pode até dizer que gosta, mas nunca indica. Eu tenho medo. A pior coisa é fanático. Fuja dessas pessoas, que são as mais perigosas e as que se corrompem mais facilmente.

Afinal, Padre, como o senhor conseguiu se desvencilhar da crise de depressão sofrida no ano passado?

Eu não fiz uso nenhuma vez de antidepressivo. Eu consegui, é possível. Eu acho isso legal. Eu dizia para as pessoas que depressão era frescura, mas serviu para calar a minha boca. Ela não escolhe idade nem classe social. Eu tive que passar por isso para ajudar outras pessoas.

Quais foram as mudanças na sua vida desde então?

Foram seis meses. Eu terminei saindo mesmo dessa depressão com uma matéria no Fantástico, quando eu estava pesando quase 60 kg. Para um ex-atleta como eu, é complicado. Eu voltei para o meu peso de 80 kg e pouco. Mas eu não tô com fobia de peso. Eu tô me alimentando bem, eu faço 12 km por dia diariamente, pelo menos, na esteira. Não dá pra correr na rua, porque não deixam.

Como você percebeu que havia tomado uma decisão equivocada com essa dieta?

O meu problema foi que quis fazer minha dieta à parte. A gente pensa que sabe, porque trabalhei com isso. Tudo que é rápido, tem suas consequências. Foi bom, porque se eu não passasse por isso, não iria reconhecer o que é depressão. Não vejo nada negativo. Não tenho nada contra, mas saí sem remédio. Se tivesse buscado um profissional do jeito que eu tava, ele teria me dado antidepressivo. E aí estaria tomando até agora.

De onde vinha essa cobrança em relação à sua aparência?

Dizem que os fiéis comentam sobre meu peso. Eu tô ótimo, isso ficou no passado. Não dá para me comparar com cinco anos atrás. Eu falo "mãe, eu tô ótimo, eu não vou ficar gordo ou ficar puxando ferro", e alguém que corre 12 km todos os dias tem que estar bem. 

O senhor acha que a fama pode ter sido um dos agravantes dessa depressão?

A fama pode ser um dos fatores. Mas a sociedade faz isso. Você tem celular? Usa internet? Na hora de dormir, você colocar o despertador? Olha o celular antes de dormir? Na hora de almoçar ou jantar, você leva o celular? Então você pode ter uma depressão. As coisas passam muito rápido. As pessoas não se dão conta.

Receber pedidos de ajuda de pessoas com os mesmos problemas pode ter feito do senhor uma espécie de catalisador?

Eu recebo muitos desabafos, que têm a ver com ansiedade, que levam à depressão. E eu vivi isso. Acaba te fazendo mal.

O início dos anos 2000 marcou o auge da sua exposição da mídia. O que mudou desde então?

Eu continuo na mesma mídia, o que mudou foi que as pessoas achavam que eu era fogo de palha. Recentemente, saiu uma matéria dizendo que eu havia sido investigado pelo Vaticano. Realmente teve um período que houve uma cortada, que não me deixaram chegar até o Papa. Mas esse mesmo Papa, o Bento XVI, me deu apoio. Eu só não sei qual foi o objetivo dessa matéria, se fosse em 2010 eu até entenderia. Mas isso não muda nada pra mim.

Fonte: Terra ás 17h21

Vagabundo safado - REGIÃO DO CARIRI-CE: Ancião de 91 anos é morto a faca pelo genro e duas mortes de vítimas no transito



O acusado de matar o sogro teria invadido a casa da vitima a procura de dinheiro, diz a polícia. Ele foi preso em flagrante delito.

              Três pessoas morreram nesta quinta-feira no cariri em consequências de mortes violentas. Duas vítimas em consequência de  acidentes de trânsito e que estavam internadas em hospitais de Barbalha e Juazeiro do Norte e outra por homicídio fato este ocorrido no Sitio Mata dos Lima em Lima, em Barbalha. No inicio da tarde o adolescente Antonio Francisco de Sousa Neto, 15 anos de idade faleceu em um dos leitos do  hospital Santo Antonio de Barbalha. Ele resida na Rua Licinho Leite Sampaio, 35 na cidade Abaiara. Segundo informações  chegadas a nossa reportagem, no dia 21 dezembro do ano passado a vitima se envolveu num acidente com motocicleta na rodovia que liga o Distrito de Café da Linha a sede do município de Abaiara chegando a sofrer uma forte pancada na cabeça e socorrido ao hospital aonde veio a entrar em óbito no dia de ontem. Pouco tempo depois faleceu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro do Norte. Também vítima da violência no transito, o agricultor João Matias Silva, 49 anos. Ele morava no sítio Campinho, na zona rural de Salgueiro - PE e no último dia 14 de julho sofreu um acidente de transito na BR 116 no município de Penaforte na região do cariri quando foi socorrido ao HRC onde morreu. 

              Já  por volta da 21h20min, na Rua P 02, casa número 571 no Sitio Mata dos Lima, o aposentado Apolônio Severino da Silva, 91 anos de idade que ali residia foi morto a facadas pelo genro,  Roniel Chagas Ferreira, vulgo ‘Niel” 26 anos, residente na Rua P 04, número 665 no mesmo Sítio em que a vítima morava. Seguindo a CIOPS Barbalha, ‘Niel”  invadiu a casa do seu sogro  à procura de dinheiro, vindo entrar em vias de fato com o aposentado e lesionar o ancião com uma facada na barriga e outra nas costas. Seu  Apolônio morreu no local enquanto que o acusado se evadia para lugar ignorado. A polícia militar realizou diligências em torno do ocorrido, culminando com prisão de Niel no interior de uma residência da Rua P 05, no Sítio Mata dos Lima. Ele    foi conduzido à 20ª DRPC e apresentado a autoridade policial competente. A faca utilizada na pratica do crime não foi encontrada.  (Informações: Jota Lopes)

Dilma admite desvio na Petrobras e diz que busca ressarcimento ao país


A presidente Dilma Rousseff afirmou neste sábado (18) que houve desvio de recursos públicos da Petrobras. A candidata à reeleição pelo PT disse ainda que tomará "todas as medidas para ressarcir tudo e todos". "Agora ninguém sabe hoje ainda o que deve ser ressarcido. A chamada delação premiada, onde tem todos os dados mais importantes, não foi entregue a nós. Eu até pedi, como vocês sabem. Pedi tanto para o Ministério Público quanto para o ministro do Supremo [Tribunal Federal], Teori Zavascki. Ambos disseram que ainda estava sob sigilo. Agora ressarcir, eu farei todo o meu possível para ressarcir o país. Se houve desvio de dinheiro publico, nós queremos ele de volta. Se houve [desvio], não. Houve, viu?", declarou Dilma Rousseff. Questionada sobre a inclusão pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa do nome do ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra (morto neste ano) entre políticos que receberam dinheiro desviado da Petrobras, a presidente Dilma afirmou que não acha que ninguém no Brasil tenha "primazia da bandeira da ética". "O retrospecto do PSDB não lhe dá essa condição. Quem cometeu crime, delito ou malfeito deve pagar por isso. Ninguém está acima de suspeita no Brasil. Quem não cumprir princípios éticos com dinheiro publico, devem pagar por isso. É interessante notar que os vazamentos seletivos acontecem para todos os lados. Isso não é bom. Não vou comemorar nada. O pau que bate em Chico também bate em Francisco. Essa é uma lei", afirmou a candidata do PT. Durante debate na TV nesta semana, Dilma já havido feito uma pergunta a Aécio sobre a denúncia de que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, em depoimento ao Ministério Público, havia afirmado que deu propina ao ex-presidente do PSDB para esvaziar uma Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar a Petrobras em 2009. Na resposta, Aécio disse que, pela primeira vez, a presidente reconhecia denúncias de Paulo Roberto Costa, que fez acordo de delação premiada e, em troca de prisão domiciliar, passou a colaborar com a Justiça nas investigações sobre corrupção na Petrobras. "Se a senhora não tem receio, por que seu partido impediu que o senhor Vaccari fosse à CPI"?, disse Aécio, referindo-se ao tesoureiro do PT, que, segundo depoimentos de Costa, também se beneficiou de propinas de contratos. Dilma Rousseff declarou que, daqui para frente, a não ser que seja informada pelo Ministério Público ou pelo juiz, não tem medida nenhuma a tomar. "Não sei se vocês sabem, mas não é o presidente quem processa. Quem processa são os órgãos, como o Ministério Público, e quem julga é o juiz", afirmou. (Informações: G1)

Direto da redação Blog do Flávio Galdino ás 17h05